sábado, 19 de agosto de 2017

DOSSIÊ SOBRE MESTRADO PROFISSIONAL - PRECIOSIDADE


Uma excelente reflexão sobre diferentes aspectos do Mestrado Profissional.
Referência obrigatória.



V. 33, N. 63 (2017)

Dossiê - Mestrado Profissional e formação de professores:
experiências, desafios e perspectivas para a Educação Básica

SUMÁRIO

Editorial
Cláudio de Sá Machado Jr., Ângelo Ricardo de Souza

DOSSIÊ TEMÁTICO
Apresentação
Claudia Madruga Cunha, Flávia Vieira

Mestrados Profissionais em Educação: novas perspectivas da pós-graduação no cenário brasileiro
Nadia Hage Fialho, Tânia Maria Hetkowski

Mestrado Profissional em Educação: reflexões acerca de uma experiência de formação à luz da autonomia e da profissionalidade docente
Marília Andrade Torales Campos, Ettiène Guérios

La formación de educadores ambientales en México: avances y perspectivas
Édgar J. González-Gaudiano, Miguel Ángel Arias-Ortega

La pedagogía de casos como estrategia catalizadora del cambio hacía la autonomía del alumno y del profesor en la formación inicial del profesorado de secundaria
Manuel Jiménez Raya

Formação pós-graduada de professores: construindo uma pedagogia da experiência, rumo a uma educação mais democrática
Flávia Vieira

O lugar da pesquisa no Mestrado Profissional em Educação
Marli André, Lisandra Princepe

Mestrado Profissional em Educação: Teoria e Prática de Ensino - qualificação dos processos de educar na pesquisa da Educação Básica
Claudia Madruga Cunha, Neila Tonin Agranionih

Desafios e possibilidades na formação de professores – em torno da análise de relatórios de estágio
Ana Isabel Andrade, Filomena Martins

DEMANDA CONTÍNUA
Limites e possibilidades da formação inicial para o desenvolvimento de práticas docentes autônomas
Mônica Vasconcellos, Mariana Lima Vilela

Currículos socioemocionais, habilidades do século XXI e o investimento econômico na educação: as novas políticas curriculares em exame
Rodrigo Saballa de Carvalho, Roberto Rafael Dias da Silva

Educação infantil em tempo integral: em busca de uma philia social
Vania Carvalho de Araújo

A interculturalidade em Educação Patrimonial: desafios e contributos para o ensino de História
Helena Pinto

Avaliação das capacidades de leitura
Suzana dos Santos Gomes

Políticas educacionais e juventude rural no Ensino Superior
Ezequiel Redin

Trezentos: a dimensão humana do método
Thaís Branquinho Oliveira Fragelli, Ricardo Ramos Fragelli

Programa Um Computador por Aluno (PROUCA): uma análise bibliométrica
Wagner Bandeira Andriola, Carlos Adriano Santos Gomes

DOCUMENTOS
Memorial acadêmico para Professor Titular
Carlos Eduardo Vieira

RESENHAS
Pedagogias do século XXI
Jocilene Gordiano Lima Tomaz Pereira, Douglas Ortiz Hamermüller

O ensino de matemática no curso primário no Brasil (1890-1970): as leis, os periódicos e a didatização do conhecimento
Claudemir de Quadros


                                     ACESSO - http://revistas.ufpr.br/educar/issue/view/2115 

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Programa de Mestrado Profissional em Educação Básica inicia atividades do Programa de Formação-Ação em Escolas Criativas na 10ª ADR - Caçador


Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da educação da região de inserção da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe – UNIARP, o Programa de Mestrado Profissional em Educação Básica realizou, no dia 28 de agosto do corrente ano, uma oficina envolvendo os gestores e docentes da Rede Municipal de Ensino de  Timbó Grande, um dos municípios que pertencem a 10ª ADR - Caçador. A atividade integra o Programa de Formação-Ação em Escolas Criativas, desenvolvido em vários municípios de Santa Catarina desde o ano de 2009, a partir da interação da professora do Programa de Mestrado da UNIARP, Marlene Zwierewicz, com o Grupo de Pesquisa e Assessoramento Didático – GIAD, da Universidade de Barcelona – UB (Espanha).

O referido programa recebe o apoio das Redes Internacionais de Escolas Criativas (RIEC e RIEC Brasil) e converge com seu objetivo no sentido de colaborar para a  identificação, potencialização e difusão de instituições educativas que desenvolvam práticas de ensino, pesquisa e formação criativas, transdisciplinares e ecoformadoras, em âmbito nacional e internacional, visando a valorização de inciativas que apoiem a religação dos saberes, a formação integral e a consciência planetária.

 O programa  estimula o desenvolvimento de uma educação inovadora, capaz de promover a articulação entre currículo e realidade e entre a teoria e a prática,  auxiliando na dinamização de processos de ensino e de aprendizagem inter e transdisciplinares. No caso específico da oficina realizada em Timbó Grande, a atividade foi planejada pelos professores Ezequiel Theodor da Silva (Coordenador do Programa de Mestrado Profissional em Educação Básica), Ludimar Pegoraro (Coordenador do Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade) e pela professora Marlene, priorizando a necessidade de utilização dos resultados dos processos avaliativos no planejamento das instituições de ensino. Por isso, foram trabalhadas sugestões para a elaboração de questões avaliativas contextualizadas, além da realização de uma pesquisa para conhecer a percepção de docentes sobre as possibilidades de criar um processo de autoavaliação institucional.

A iniciativa contou com a colaboração do Secretário de Educação, José Guedes Martiol , e das mestrandas do Programa de Mestrado Profissional em Educação Básica, Helena Castilho Zielinski e Erenita Hoffmann, que atuam na rede municipal, estreitando a relação entre Ensino Superior e Educação Básica na perspectiva de buscar subsídios para ampliar a qualidade da educação da região, além de estimular e valorizar práticas pedagógicas inovadoras.









sábado, 22 de julho de 2017

1ª QUALIFICAÇÃO DO MESTRADO PROFISSIONAL - VIVA!!!


Banca examinadora

Orientador: Prof. Dr.  Joel Haroldo Baade 
Titular externo: Prof. Dr. José Francisco dos Santos 
Suplente externo: Profa. Dra. Mareli Eliane Graupe 
Titular Interno: Profa. Dra. Circe Mara Marques 
Suplente Interno: Prof. Dr. Ludimar Pegoraro

Memória








quarta-feira, 5 de outubro de 2016

XIV ENCONTRO REGIONAL DO PROLER DE CAÇADOR



Temário: “Políticas de leitura – fortalecendo as práticas leitoras”

Objetivo geral

Revitalizar o comitê Regional do PROLER de Caçador e promover ações continuadas e integradas com os comitês regionais, oportunizando o acesso ao conhecimento, à Literatura e à participação cidadã.

Objetivos específicos

> Refletir sobre as políticas de inclusão pelo acesso à leitura.
> Superar deficiências em relação às habilidades de leitura e produção de textos junto a estudantes das redes de ensino.
> Difundir políticas de leitura como uma das formas de acesso à cidadania.
> Preparar recursos humanos para ações de desenvolvimento da leitura, dentro e fora da escola.
> Planejar ações compartilhadas com outros comitês regionais do PROLER da região sul do Brasil.

PROGRAMA

27 de outubro, quinta feira

8h - Credenciamento e inscrições de última hora

8h30min – Abertura Oficial,
Mesa de autoridades

8h45min – Apresentação cultural – Contação de histórias: “O Contestado Encantado”
Com Lu Paes, Jorge Gonçalves e Gustavo Zardo

9h – Conferência
“Políticas de leitura: fortalecendo as práticas leitoras”        
Affonso Romano de Sant'Anna
Jornalista, professor universitário, ex-diretor da Biblioteca Nacional, é considerado dos mais importantes poetas brasileiros da atualidade. Tem mais de 40 livros publicados, e é professor em diversas universidades brasileiras. No exterior lecionou em universidades na Califórnia, Koln e Aix-en-Provence. Seu talento foi confirmado pelo estímulo recebido de várias fundações internacionais como a Ford Foundation, Guggenheim, Gulbenkian e o DAAD, que lhe concederam bolsas de estudo e pesquisa em diversos países. Como jornalista trabalhou nos principais jornais e revistas do país: Jornal do Brasil, Senhor, Veja, Isto É, colaborador de O Estado de São Paulo. Escreve também no Estado de Minas e Correio Braziliense. Publicou livros de ensaios, crônicas e poesias, entre os quais: Poesia sobre poesia, Que país é este?, Paródia, paráfrase & cia, O canibalismo amoroso, O lado esquerdo do meu peito, A grande fala e A catedral de Colônia

11h – Roda de autógrafos com Affonso Romano de Sant'Anna

11h30min – Mobilização cultural
Apresentação pública do projeto “Leitor Caçador Leitor”
Ezequiel Theodoro da Silva, UNIARP
Ludimar Pegoraro, UNIARP
Silmar Bohrer, Academia Caçadorense de Letras e Artes/ACLA
Representante da Prefeitura Municipal de Caçador – a definir

12h – Intervalo para almoço

13h30min – Apresentação cultural - Pinduca

13h45min - Conferência
“Leitura crítica das políticas nacionais de leitura”
Ezequiel Theodoro da Silva
Possui Graduação em Língua e Literatura Inglesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1971), Mestrado em Educação - Leitura - pela University of Miami (1973) e Doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1979). Livre Docência em +como professor visitante junto ao Grupo de Pesquisa ALLE (Alfabetização, Leitura e Escrita), da Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas. Em abril de 2015 passou a compor a equipe de professores pesquisadores do programa de mestrado Interdisciplinar stricto sensu em Desenvolvimento e Sociedade da UNIARP - Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador, SC. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em pedagogia, psicologia e didática, atuando principalmente com os seguintes temas: leitura, formação do professor, biblioteca escolar e leitura na Internet. Comanda os trabalhos da Editora Leitura Crítica, com vários títulos já editados. Mais recentemente inaugurou o PORTAL LEITURA CRITICAwww.lercritica.com ; onde inseriu boa parte da sua obra e promove a formação continuada e a atualização dos professores para o ensino da leitura. Desenvolve também estudos e pesquisas na área da pesca recreativa, fazendo a manutenção de um portal da Internetwww.pescarte.com.br .

15h30 h Mesa redonda
“PROLER: lutas para fazer leitores na continuidade do tempo “
 Coordenador: Ezequiel Theodoro da Silva, UNIARP
Convidados
Rodrigo Ramos, Coordenador Regional do Comitê PROLER Blumenau-SC e Presidente da Fundação Cultural.
Marilene T. Stroka, Diretora de Extensão da UnC e Coordenadora do PROLER de Mafra-SC
ILZE S. CHIARELLO, Coordenadora Regional do Comitê PROLER de Caçador e Diretora do Colégio de Aplicação da Uniarp

28 de outubro de 2016, sexta-feira

OFICINAS
Horário: 8h30min às 12:00h e 13h30min às 17:00h

OFICINA 1
Leitura crítica e criativa – fundamento teórico e didática
Responsável:  Ezequiel Theodoro da Silva, UNIARP

OFICINA 2
Brincar de ler e ler para brincar: o aspecto imaginário, linguístico e lúdico da contação de histórias
Responsável: Patrícia Constâncio, Coordenadora dos Projetos de Leitura de base social do município de Blumenau.

OFICINA 3
A contação de histórias em favor da formação do leitor juvenil: o jogo da fala e da escrita
Responsável: Shirlei Dickmann, promotora de leitura e formadora de grupos de professores na área da Contação de Histórias.

OFICINA 4
Musicalização – jogos musicais (sons no coletivo)
Responsável: Rafaela de Oliveira Ventz, educadora musical, coordenadora e facilitadora do treinamento motivacional e de criatividade “Sons do Coletivo”, e dos projetos “Musicarte” e “Brincarte”.

OFICINA 5
O ensino da Música na educação básica: conceito e atividades prática
Responsável: Arnaldo Eloi Benvegnu, Mestre em Educação e Especialização em Educação Musical

ATIVIDADES PARALELAS

FEIRA DE LIVROS
Promoção Livraria Edisel
Hall de entrada do Auditório da Reitoria

VARAL DE POESIAS
ACLA – Academia Caçadorense de Letras e Artes

SESSÃO DE AUTÓGRAFOS
Escritores caçadorenses
INFORMAÇÕES
Coordenadoria de Extensão, Cultura e Relações Comunitárias
E-mail: extensao@uniarp.edu.br
Telefone: (49) 3561-6223 e 6224

CERTIFICADOS
Serão emitidos certificados de 20 (vinte) horas aos participantes inscritos

INSCRIÇÕES

Taxas de inscrição
Acadêmico: R$ 80,00
Profissional: R$ 120,00

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Projeto de aprendizagem na Educação Básica

Na Disciplina Didática e Metodologia de Ensino na Educação Básica - Curso de Mestrado Profissional na Educação Básica os alunos tiveram como proposta avaliativa trazer convidados para compor a mesa Intitulada "Projeto de aprendizagem na Educação Básica" na qual os palestrantes relataram experiencias .Foi uma aula emocionante e com muitas aprendizagens,pois os convidados mostraram que é possível fazer a diferença nas escolas.